Crescemos mas não esquecemos !


       Ele se prendeu no tempo, me disse que não consegue mais se soltar, vive com a cabeça na época em que tinha amigos verdadeiros e a inocência prevalecia.

       Não haviam brigas, apenas discussões momentâneas que eram esquecidas em minutos. Não haviam inimigos, eram todos unidos, principalmente na hora de construir aquele castelo de areia enorme. Não havia vergonha, nem preconceito, eram todos iguais, todos crianças, todos felizes... Não existia o egoísmo, na hora do lanche abriam as lancheiras e dividiam a comida, satisfeitos. Não tinham preocupações, ou melhor, preocupavam-se apenas com o tempo que ainda tinham para se divertirem.  Não havia rotina, havia a imaginação de cada dia.
       Hoje tivemos uma conversa longa. Triste, ele me confessou que agora não se sente completo, não inventa suas tardes, não sonha em suas noites, não brinca, já é velho. Ele me aconselhou aproveitar enquanto sou criança, pois a esse mundo não voltarei nunca mais depois de crescer. Fiquei com pena, os seus olhos brilhavam ao me contar histórias ocorridas naquele passado que parecia tão distante.
      Sabendo que iria consolá-lo pelo menos um pouco , prometi que vou viver minha infância como se não houvesse o amanhã. Um olhar sereno e esperançoso me iluminou, agora sinto que tenho a missão de fazer a diferença. E você, vai deixar passar momentos que não voltarão?  Lembre-se que o tempo vai e deixa lembranças do que fizemos e arrependimentos do que não fizemos. Venha comigo, vamos brincar?

2 reações !:

Bruno Matos (Snopolino) disse...

Pessoas unidas só em outro mundo porque nesse.. nem existe! :/

Laura Célia disse...

talvez exista, quando somos crianças !

Postar um comentário

 

Design in CSS by TemplateWorld and sponsored by SmashingMagazine
Blogger Template created by Deluxe Templates